segunda-feira, 11 de maio de 2009

Mais podres do Tratado de Bolonha

Que o Tratado e Bolonha prejudica mais do que o que ajuda os estudantes e jovens trabalhadores, já eu sabia. Mas a coisa começa a ficar assustadora.

Recentemente recebi esta informação:


"Urgente denunciar estas situções, por favor assinem e reencaminhem ao máximo de pessoas !...

PETIÇÃO PARA REMEDIAR UMA INJUSTIÇA CONCURSAL

Para remediar uma injustiça que nunca devia ter existido...

As antigas licenciaturas de CINCO anos ou bacharéis de TRÊS anos estão
legal e actualmente integradas num patamar inferior relativamente aos
mestrados integrados pós-bolonha de CINCO anos e às licenciaturas
pós-bolonha de TRÊS anos (por exemplo quando se candidata a trabalhos
ou a bolsas de investigação ou concursos na função pública...)

NÃO TEM LÓGICA NENHUMA E É UMA INJUSTIÇA TOTAL.

Quem se sacrificou CINCO anos para tirar um curso tem ainda de
realizar mais um mestrado de DOIS anos (SETE ANOS NO TOTAL) para
chegar ao patamar dos pós-bolonha! Haja paciência ou justiça!

DEMORA DOIS MINUTOS E FAZ TODA A DIFERENÇA.

ASSINA, SUBMETE E DEPOIS REENCAMINHA PARA O MÁXIMO DE PESSOAS !!!

http://www.PetitionOnline.com/tratbol/"


Eu já assinei. E tu?

BM

7 comentários:

Andrea Santos disse...

yap... é verdade. são as maravilhas do tratado de bolonha...
esta petição parece estar a juntar forças... haverá um consenso na opinião de que isto não nos beneficia?! ainda não passou uma semana desde que assinei e reparei agora que já assinaram mais de 5mil depois de mim...
bjs

Ana disse...

Confesso que isso me parece uma falsa questão.

A verdade, é que se eu for a uma entrevista de emprego 'contra' um licenciado pre-bolonha ele é que vai ser contratado.
O grande problema é que hoje em dia um mestrado de bolonha está ao mesmo nível de uma licenciatura pre-bolonha.

Hoje em dia aprendemos em 3 anos o que antes se aprendia em 4 ou 5 anos. Quem é que achas que fica a perder?

Bolonha trouxe muitas injustiças, mas penso que mais a quem lá está do que a quem saiu antes.

Andrea Santos disse...

Sem dúvida que trouxe muitas injustiças, sobretudo a quem lá está, porque se pensarmos que a formação é dada mais condensada e mais à "pressite", percebemos que um mestrado pre-bolonha e um mestrado pos-bolonha não têm a mesma formação.

Contudo, não deixa de ser injusto para os pre-bolonha, o facto de que, quase com a mesma formação (pre bolonha: licenciados com 4-5 anos; pos bolonha: mestrados com 5 anos), são "apenas" licenciados e concorrem como licenciados enquanto que os pos bolonha são já mestres. isto torna-se problemático quando estás a concorrer a um "posto" na via do ensino, ou a um qualquer curso de formação avançada ou mesmo a outro curso-base, em cuja formação já adquirida conta... mas conta o GRAU que tens.

Ana disse...

Concordo contigo até certa parte. Enquanto que nas instituições públicas o que conta é o grau que tens, nas privadas já não é bem assim.
As empresas de auditoria, por exemplo, só contratam licenciados pré-bolonha ou mestrados de bolonha. E agora, é ou não é injusto? Então eu vou fazer uma licenciatura e afinal já não serve para nada?

E depois, ainda por cima, se sou licenciada de bolonha e vou ao estrangeiro tenho que dizer que tenho uma bacharelato.

Bolonha é sem dúvida um sistema pensado para certos países, que não se adequa em nada à realidade portuguesa, e que mais uma vez nós, qual caozinho abanando o rabo, obedecemos ao que nos mandam fazer e aplicamos, ainda que estejamos a prejudicar os nossos próprios alunos.

O pior é que a malta muitas vezes não se dá ao trabalho de pensar. Ouve-se nos corredores o pessoal a dizer "ai que bom que agora são só 3 anos". E depois? Depois ou fazes o mestrado ou não te dão emprego na tua área.

ricardo disse...

No entanto, sei por experiencia propria que grande parte das empresas está indiferente a se és pré-bolonha ou pós-bolonha. mas nao sao indiferentes à tua idade. Portanto, quem fica a ganhar são os pós-bolonha

Bruno Martins disse...

Sim Ricardo, isso é um facto.

Mas seria sempre assim se houvesse Bolonha ou não...

Mas olha que há áreas em que as empresas distinguem. Na minha área, por exemplo, é uma pergunta obrigatória, infelizmente.

Fazem-se muitas distinções... e é isso que me deixa triste.

BM

Netgemiene disse...

Parece que já foi arquivado !!!?

Ver Relatório Final (2009.07.21) do parlamento em:
www.parlamento.pt/ActividadeParlamentar/Paginas/DetalhePeticao.aspx?BID=11929

“Petição Nº 592/X/4
Entrada na AR: 2009.07.16
N° de Assinaturas: 40090
Situação: Arquivada”